Estratégia Empresarial e Vantagens Competitivas

ESTRATÉGIA

O consórcio iPlantForest tem como objetivo ser a maior empresa de reflorestamento para recuperação de áreas degradadas do Brasil. O iPlantForest investe permanentemente em pesquisa e desenvolvimento de técnicas de produção de mudas, plantio rápido e organização para certificação de madeira e atualiza o seu sistema informatizado de gestão constantemente para obter os maiores níveis de controle e satisfação de seus clientes e colaboradores. As receitas provenientes da exploração de madeira permitem que a empresa seja competitiva no setor madeireiro mesmo praticando preços conservadores de seus produtos, e em alguns casos, preços que competem inclusive com o mercado ilegal de madeira. Temos foco na geração de caixa para gerar valor para nossos investidores e permitir reinvestimento em todo o projeto, baseado em pilares como criatividade e inovação, negócios adjacentes e indústria disruptiva.

CRIATIVIDADE E INOVAÇÃO

Desafiar velhas práticas buscando maior eficiência e ativos mais competitivos.

O consórcio iPlantForest não se acomoda repetindo praticas milenares de produção e manejo de árvores (exemplo da silvicultura). Também não aceita o fato de que plantar florestas, ao invés de monocultura, é uma tarefa muito mais complexa e dispendiosa. A partir da criação de equipamentos e métodos novos de produção de mudas no viveiro, plantio de florestas (espécies nativas e exóticas), manejo eficiente destas florestas, sempre pensando fora da caixa, podemos competir com vantagens com a indústria ilegal de madeira, ajudando a preservar florestas nativas e dando alternativa mais segura e competitiva para nosso cliente.

A principal ação para ter sucesso nesta iniciativa é a busca incansável pelo novo, pelo que não foi tentado, pelo diferente, pelo inusitado, avaliando atentamente processos milenares e buscando a otimização de cada pequena tarefa, encarando sempre o medo de errar, o medo de parecer diferente, tendo como resultado, processos mais rápidos e eficientes, maiores, melhores e mais rápidos resultados na produção de mudas, e produção de madeira similar a obtida nos mais bem sucedidos empreendimentos silviculturais da atualidade.

Investir em pesquisa e desafiar nossos colaboradores e cientistas é uma constante no processo de inovação da nossa empresa.

NEGÓCIOS ADJACENTES

Foco na diversificação das espécies florestais garantindo a exploração permanente e consistente de bioprodutos e madeira

O consórcio iPlantForest investe na mecanização do plantio de floresta, e não apenas monocultura, para permitir a instalação de verdadeiros sistemas florestais de onde poderemos extrair permanentemente e consistentemente por prazo indeterminado, bioprodutos para as indústrias química, farmacêutica e cosmética, entre outros, garantindo assim uma renda que agregue valor as áreas de Reserva Legal e Áreas de Preservação Permanente recuperadas, estimulando ainda mais as decisões dos proprietários rurais de reflorestar os seus passivos ambientais. Além dos ganhos com a exploração dos bioprodutos, criamos também uma estratégia para exploração madeireira com cortes em 6 anos, 9 anos, 12 anos e 17 anos, o que potencializa ainda mais a curva de retornos financeiros por hectare, tornando todo o empreendimento ainda mais atrativo para os donos de terra e agilizando a curva média para o retorno do investimento total.

INDÚSTRIA DISRUPTIVA

Criação de soluções para problemas não enfrentados até a atualidade

A indústria madeireira tem se mantido apoiada nas mesmas soluções milenares para garantir retornos relativamente bem equilibrados desde a sua fundação. Não estamos negando o potencial financeiro do setor, tanto no que diz respeito aos derivados de madeira, quanto aos produtos resultantes da transformação da mesma. No entanto, nós decidimos enfrentar um problema maior e mais complexo, que é recuperar as áreas degradadas, convencendo os proprietários de terra a realizar esta recuperação com nosso apoio, ajudar ao mesmo tempo a combater as mudanças climáticas, zerar emissões de CO2, cumprir ou tentar cumprir o Acordo de Paris, enfim, uma agenda muito mais ligada a solução de problemas que afligem toda a existência da vida na terra, que simplesmente um negócio baseado no plantio de mudas (monocultura) e na venda de produtos derivados de árvores, sem aqui desmerecer aqueles que vivem da exploração de soluções milenares, pelo contrario.

Com estas ideias em mente, decidimos, justamente para dar cabo da enormidade da tarefa, investir em soluções de software e de máquinas que nos permitissem encarar o problema e vencer as dificuldades apresentadas. Neste sentido, criamos um novo sistema gerencial que cresce a cada dia, e que tem por finalidade básica, organizar, acompanhar e nortear a empresa na direção da monumental tarefa que estamos enfrentando.  Afinal de contas, a informação gerada por todas as inovações no viveiro e no trato florestal, precisam ser compiladas, lidas e analisadas, para obter novas soluções para problemas antigos, e para garantir que uma floresta plantada possa render frutos, que possamos reinvestir em novas florestas, criando soluções ambientalmente equilibradas e corretas e permitir a exploração consciente e permanente destas áreas.

Trabalhamos com florestas vivas, com biodiversidade, com regeneração e acima de tudo com inovação e coragem.

Criamos e continuamos desafiando nossa criatividade no sentido de romper com velhas praticas e arriscar na construção de novas soluções mecânicas e de software, incansavelmente.

PONTOS FORTES

Menores custos de produção do mercado e operações 100% interligadas

Graças aos investimentos concentrados do consórcio iPlantForest no desenvolvimento de sistemas de gestão distribuídos em nuvem, no desenvolvimento de técnicas para produção de mudas, quebra de dormência e na pesquisa de clones de espécies nativas, e dos esforços concentrados na criação de métodos revolucionários de plantio e mais recentemente da construção de 3 versões diferentes da máquina de plantar florestas (espécies nativas e exóticas), conseguimos atingir a marca do menor custo por muda plantada do mercado.

Em contrapartida do mercado de fomento florestal, que tem foco especifico em silvicultura, com o plantio de eucalipto e pinus primordialmente, o consórcio iPlantForest se dedicou ao plantio de florestas com variedades nativas por região e exóticas, de tal forma que os eventos de liquidez são comparáveis aos eventos de liquidez dos mercados acima citados. Nossos eventos de liquidez se iniciam no terceiro ano, com alguns mais prematuros ainda, através da exploração dos bioprodutos retirados das espécies nativas que compõe os mosaicos de plantio, além da exploração de madeira com cortes que se iniciaram no 6º ano, e seguem com 9 anos, 12 anos e corte final no 17º ano, gerando receitas que variam, na analise mais conversadora, em torno de R$ 197 mil reais por hectare.

Proximidade das áreas de exportação

O projeto iPlantForest foi iniciado no estado de Roraima, que fica próximo ao porto da capital da ex Guiana Inglesa, que é o porto mais próximo do canal do Panamá de uma cidade brasileira. A partir da Guiana inglesa a matéria prima exportada chega ao canal do Panamá em 4 dias, o que reduz significativamente o custo de transporte na exportação de madeira e de bioprodutos para todos os mercados do Mundo.

A proximidade com diversos portos da região, que se encontram em um raio que vai de 600 a 1200 quilômetros, torna nossos produtos ainda mais competitivos, podendo competir inclusive com o mercado ilegal de madeira, o qual acreditamos sinceramente, não deverá ter a força que tem hoje (2020) nos anos vindouros.

Os projetos da empresa são de expansão para toda a região da Amazônia Legal, ou seja, da Amazônia Brasileira, e em todos estes lugares levaremos as mesmas técnicas que nos tornaram tão atraentes para investidores que tem uma necessidade concreta de redução de emissões de CO2, aqueles que tem problemas de passivo ambiental e precisam resolver, quem gosta de investir a médio e longo prazo em produtos sustentáveis e ambientalmente corretos, e para todo aquele que se preocupa em impulsionar ideias que ajudam a salvar o mundo, enquanto geram riqueza.

Respeito com produção de energia limpa

Toda a energia elétrica utilizada no projeto é solar. Investimos em plantas solares para produzir energia limpa e ter um discurso 100% alinhado com nossas ações.

Pensamos no produtor rural e na natureza

O projeto como um todo tem um forte apelo socioeconômico e ambiental, pois resolve o problema de desmatamento, reflorestando áreas com passivo ambiental, e faz isso com florestas nativas e exóticas, algo que é muito mais difícil de implementar do que plantar monocultura de espécies arbóreas.

TECNOLOGIAS QUE DESCOMPLICAM E CAPACITAÇÃO CONSTANTE

O Grupo iPlantForest investe desde a sua fundação em 2016 em tecnologias de ponta para descomplicar e padronizar todas as operações do dia a dia da empresa. Todos os dias somos desafiados a criar, melhorar e sistematizar todas as nossas tarefas. Estamos criando uma verdadeira fábrica de plantar florestas, com identificação e sistematização de tudo que precisa ser feito desde a produção de mudas até o corte e exploração dos bioprodutos das nossas florestas, o que nos permitirá inaugurar estruturas industriais de plantio de florestas em qualquer lugar do Brasil ou do Mundo, com o mesmo padrão de qualidade que imprimimos em nossa primeira filial, em Boa Vista, Roraima.

Nossa equipe, tanto administrativa, quanto a de campo, são periodicamente reciclados e treinados para as novas tecnologias, e para tudo que estamos fazendo, buscando uma maior qualidade dos processos, mais segurança dos nossos colaboradores, e um nível de profissionalismo superior, encontrado somente em empresas muito grandes e com muitos anos de existência.

DIVERSIFICAÇÃO DE PRODUTOS E GERAÇÃO DE RIQUEZAS SÓLIDAS

A produção de madeira e de todos os seus derivados madeireiros com menores custos, nos permite competir, inclusive com o mercado ilegal de madeira que ainda existe na Amazônia Legal. Acreditamos, obviamente, que no futuro próximo a venda de madeira ilegal e a biopirataria na Amazônia caírão a níveis mais aceitáveis, para o mercado e para a proteção da floresta nativa, no entanto, a realidade de hoje é que competimos com o mercado ilegal.

Algumas receitas nos colocam em uma posição de vantagem competitiva, também o alto valor da madeira exótica que cultivamos, e a possibilidade de explorar desde cedo, e por incontáveis anos os bioprodutos extraídos da floresta plantada.

Entre os produtos que iremos comercializar, podemos citar: bioativos antioxidantes e antitumoral, óleos essenciais, bioinseticida, bioherbicida, antimicrobiana, anti-fungicida, sedativos, ansiolíticos, antianginoso, antisséptico, emoliente, excitante, tônico, vulnerário, entre outros, além é claro, dos produtos madeireiros como estacas, cercas, palanques, tabiques, roliças, painéis, tora, madeira serrada, madeira serrada e seca, entre outros produtos, que começarão a ser comercializados a partir do plantio, uma vez que alguns bioprodutos começam a ser extraídos logo no primeiro ano de plantio, e os desbastes da floresta para venda de madeira, serão feitos a partir do 6º ano.

Logo após concluir o plantio de floresta, a empresa emite e pode comercializar os Créditos de Reposição Florestal (CRF). Para cada hectare plantado de mudas exóticas, podemos emitir 150 CRF, e para cada hectare plantado de mudas nativas, emitimos 200 CRF.  O valor atual mínimo do CRF é de R$ 40 reais a unidade, sendo que no Pará o CRF é vendido por mais de R$ 60,00 reais cada um.

Assim sendo, cada hectare plantado, rende entre R$ 6 mil reais a R$ 8 mil reais por hectare. Esta primeira receita, ajuda a empresa a cobrir os primeiros custos de plantio de suas florestas, e gera um caixa solido para continuar o projeto. As receitas com a venda de bioprodutos e madeira a seguir, irão auxiliar a empresa no seu crescimento e reinvestimento em mais florestas. O desafio de plantar árvores suficientes para combater as mudanças climáticas, exige uma receita permanente e muito forte, e esta receita é perfeitamente suportada pelas atividades que integramos, permanente e constantemente ao longo dos anos de existência das florestas.

Independente de atuarmos em um mercado onde a venda de madeira ilegal sufocaria a comercialização de softwood (eucalipto, pinus etc.), no caso do hardwood (mogno africano, ipê, cedro, etc.), nem tanto, por se tratar de madeira de alto valor de mercado, e produzida com técnicas modernas de plantio, que reduzem sobremaneira todos os custos da cultura.

Formatamos um negócio robusto, graças aos investimentos em novas tecnologias, sistemas de gestão, inteligência artificial, automação de processos, máquina de plantio, outros equipamentos que fomos construindo ao longo dos anos, métodos novos de trabalho, e todos os investimentos em inovação que são a marca das nossas empresas, e da nossa atuação no mercado por mais de 35 anos.

CATALOGO DIVERSIFICADO DE PRODUTOS

O consórcio iPlantForest é a primeira iniciativa do mundo a executar o plantio de florestas, não monocultura, com espécies nativas e exóticas, utilizando nativas selecionadas para a exploração de bioprodutos a partir do seu plantio, que trabalha em escala industrial este plantio. Normalmente os projetos de reflorestamento com este foco especifico, são projetos implementados em áreas muito pequenas, quase experimentais. Plantio de floresta de verdade, criando mosaicos combinados por diversas espécies são raros e tão complexos, que dificilmente saem da esfera de experimentos isolados.

A invenção da máquina de plantar florestas, que já está em sua terceira versão, testada, ajustada e aprovada, e sua construção por especialistas com ampla experiência no plantio de florestas, nos coloca em uma situação privilegiada e única para poder executar nosso projeto e tornar nosso sonho realidade.

Por esta razão, contamos com um catalogo variado de produtos de diversas espécies, tanto nativas, quanto exóticas, que nos garante uma posição sólida na indústria madeireira de hardwood. Dentre os principais produtos, podemos citar bioprodutos extraídos da base florestal e madeira, que vai desde madeira para cerca até madeira serrada e seca para mobiliário e decoração.

Lembrando que a extração da madeira em nossas florestas plantadas, será sempre através de manejo florestal sustentável, e irá retirar durante anos, devagar e de forma a não agredir a floresta plantada, somente as árvores exóticas, e este manejo não irá provocar nenhum impacto negativo ou degradante na floresta recuperada. Pelo contrario, uma floresta nativa passa por processos de auto manejo, e em nosso caso, iremos reproduzir estes movimentos naturais da floresta, sem danificá-la, e sem prejudicar o meio ambiente.

EXCELÊNCIA SÓCIO-ECONÔMICO-AMBIENTAL

A base estrutural mais importante para a criação do consórcio iPlantForest e aquilo que nos define, é o fato de que formamos este grupo de empresas para combater um dos problemas mais complicados e difíceis da atualidade.  A recuperação de passivo ambiental de fazendas que podem até estar embargadas, trazendo uma alternativa econômica autossustentável, com ganho ambiental claro, e permitindo que o reflorestamento destas áreas seja uma mola que impulsione ganhos para o dono da terra, e não um estorvo, um problema. A depender do perfil do dono da terra, ajudamos com este projeto altamente lucrativo e duradouro, a manter o mesmo e sua família fixados no campo, sem precisar migrar para os centros urbanos. A exploração de bioprodutos é uma riqueza cada dia mais importante e proporciona ganhos consistentes e duradouros.

O projeto da “floresta de comer”, traz segurança para as nossas florestas e emprego e renda para as pessoas que moram no entorno de nossas florestas. A ideia surgiu como uma alternativa para proteger nossas florestas do fogo.  Capacitando, custeando os investimentos necessários para a instalação da agrofloresta dentro da nossa floresta, e oferecendo uma alternativa econômica para quem vive no interior e tem poucas opções de trabalho, e não tem recursos para implantar uma agrofloresta. A nossa empresa paga todos os custos de implantação da agrofloresta e auxilia tecnicamente, com capacitação e suporte, para ajudar a acelerar a produção da agrofloresta dentro das nossas florestas. Esta iniciativa nos ajudou a proteger nossas florestas do fogo, melhorou as condições do solo nos locais onde foi implantada, e tem ajudado pessoas mais humildes a se estabelecer e ter uma renda sólida.

Assinamos parceria com o Exército Brasileiro e oferecemos insumos agrícolas para dar suporte a operação acolhida no estado de Roraima, sem custos para o Exército.  As hortaliças da nossa agrofloresta são produzidas com nossos recursos, para ajudar na produção de comida para aqueles que não tem condições de comprar comida. Acreditamos que se cada um fizer um pequeno sacrifício, unidos podemos construir um mundo melhor.

Em relação a produção da nossa madeira, temos a preocupação de estar alinhados com os pré-requisitos do FSC, organismo certificador de madeira mais importante do mundo, e para manter o nível de exigência requerido por eles, desenvolvemos métodos e um sofisticado sistema que nos permite rastear todas as árvores desde a muda, até o corte, e no caso das árvores que nunca serão cortadas, saber exatamente onde elas estão, cadastrando sua posição de GPS e todas as informações necessárias para o seu manejo desde o plantio.

Patrocinamos o esporte amador no estado de Roraima, atendendo a atletas do Jiu-Jitsu, Paraquedismo, Motocross, Motovelocidade, entre outros esportes. Nossos atletas são verdadeiros campeões em suas modalidades e pessoas das quais nos orgulhamos muito, e temos a honra de poder apoiar.

EQUIPE EXPERIENTE COM FOCO EM QUALIDADE E INOVAÇÃO

O consórcio iPlantForest reúne profissionais de diversas áreas com experiência de décadas nos principais setores onde atuamos, com destaque para a inovação na gestão de processos, tecnologia, inteligência artificial, construção de novas máquinas agrícolas, cobrindo em sua totalidade os setores onde atuamos. Somos uma AgTech, empresa de tecnologia do campo e estamos criando constantemente novos padrões e métodos para ganhar escala nos projetos de reflorestamento e florestamento, o que naturalmente se converte em mais valor para nossos investidores e acionistas.

Apesar de ser uma sociedade anônima com capital fechado, temos o compromisso de uma empresa de capital aberto e atuamos como tal, promovendo a transparência, melhor governança e resultados claros para nossos investidores e acionistas.

Temos concentrado esforços no aprimoramento de praticas de governança que tragam ainda mais transparência para todas as ações do grupo, com destaque para:

  1. Implantação dos mais altos níveis de Governança Corporativa;
  2. Incorporação de um novo Código de Conduta, amplamente divulgado entre seus investidores, acionistas, colaboradores, fornecedores e clientes;
  3. Estamos em fase de criação dos comitês de: Sustentabilidade, Estratégia, Gestão e Auditoria);
  4. Até 2021 o Conselho de Administração será reformulado para abrir vagas para Conselheiros Independentes, seguindo os padrões do Instituto Brasileiro de Governança Corporativa.
 

ADMINISTRAÇÃO FINANCEIRA FOCADA EM MÁXIMA LIQUIDEZ

A gestão financeira do grupo é 100% orientada por políticas e diretrizes com foco na mitigação de riscos de liquidez. Como consequência direta, mantemos um nível de caixa e equivalentes que temos convicção de que é suficiente para cobrir nossas obrigações de curto prazo relacionadas com endividamento, reduzindo os riscos de renegociação e rolagem de dívidas e a necessidade de acessar os mercados de dívida em condições de crise, como por exemplo, a que estamos vivendo nos dias atuais com o coronavírus. Nosso endividamento é mantido em baixos níveis no curso regular dos negócios, com dívidas adicionais limitadas em financiar projetos de crescimento, levando em consideração o serviço da dívida e a geração de fluxo de caixa de cada projeto.